Angelo Coronel diz que Seleção Brasileira e o povo passarão o Brasil a limpo em 2018

Presidente da Alba, Jacques Wagner, Walmir Assunção e o Vereador Suica caminharam pelas ruas de Pernambués.

Para o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Angelo Coronel (PSD), a Seleção Brasileira de Futebol e o povo serão responsáveis por passar o Brasil a limpo em 2018. Vão apagar dois traumas da vida nacional: o 7 a 1 contra a Alemanha na copa passada e o impeachment da presidente Dilma, em abril de 2016.

O chefe do Legislativo estadual disse, no final da manhã deste domingo (17), acreditar que o time de Tite ganhará o hexacampeonato na Rússia. E em outubro, o povo elegerá um presidente da República identificado com os interesses populares, para recolocar o país nos trilhos da moralidade, harmonizar a relação entre os poderes – como preconiza a Constituição -, pacificar o país e retomar, de fato, o crescimento econômico.

O prognóstico de Coronel foi feito duas horas antes de a seleção Canarinho estrear no Mundial da Rússia, em Rostov, contra a Suíça, ao participar de uma plenária do vereador Luiz Carlos Suica (PT), ao lado do ex-governador Jacques Wagner (PT), do deputado federal Walmir Assunção (PT) e de lideranças sindicais e do movimento social.
A plenária, ocorrida na Avenida São Paulo, bairro de Pernambués, foi seguida de uma caminhada pela Rua Tomás Gonzaga, sendo bastante aplaudida pela comunidade.

Coronel elogiou a decisão do jornalista José Trajano em convidar o ex-presidente Lula para comentar os jogos do Brasil na Copa, para um canal na internet. “É um direito do ex-presidente Lula fazer os comentários, como de todo cidadão que se encontra sob um regime de privação da liberdade. Querem calar a voz da maior liderança política do Brasil, mas o povo não vai permitir”, salientou.

Presidente da Alba voltou a destacar as ações do governo Rui Costa. “Tenho rodado por essa Bahia inteira, e em todo lugar é possível encontrar a marca do trabalho do Governo do Estado. E foi Wagner quem iniciou esse novo tempo na Bahia e todo esse trabalho formidável. Time que está ganhando não se mexe. Dia sete de outubro, vamos manter esse time vencedor, com Lula livre e presidente da República”, pediu Angelo Coronel.
Jacques Wagner comentou que acredita no hexa do Brasil, para apagar da memória dos brasileiros a Copa de 2014. Mas que também torce muito este ano pelo que chamou de Copa Eleitoral, com o “tricampeonato do ex-presidente Lula”, referindo-se a um suposto terceiro governo de Luís Inácio Lula da Silva. “Que Deus ilumine a cabeça dos magistrados, para que a esperança saia da cadeia e possa arrumar o Brasil e nos apontar o caminho da prosperidade”, observou o petista.