Presidente do TRT-5 visita a Assembleia Legislativa da Bahia e foi recebida pelo presidente da Casa, deputado Ângelo Coronel

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Angelo Coronel (PSD), recebeu, na manhã de ontem, a visita da presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5), desembargadora Maria de Lourdes Linhares. Durante o encontro, a desembargadora e o presidente da ALBA conversaram sobre problemas administrativos no âmbito das duas instituições –  inclusive quanto ao quadro de pessoal que no TRT, informa a presidente, é  insuficiente.

Lá existem 110 vagas abertas por aposentadorias e saídas de servidores. Estas vagas não serão preenchidas agora. “Corremos o risco de perder logo mais 16 servidores que estão à disposição”, frisou.

Esses servidores originalmente são do Estado e estão à disposição do Tribunal há vários anos, mas recente decreto do chefe do Executivo os retorna a seus órgãos de origem. Segundo a presidente do TRT-5, a perda de mais esse grupo agravará a situação do Tribunal. Ela acredita que o presidente do Legislativo pode  contribuir para evitar a retirada do TRT-5 desses funcionários eficientes, treinados, que causará prejuízo ao serviço. A desembargadora Maria de Lourdes Linhares estava acompanhada da juíza do trabalho, Adriana Nico, e dos assessores José Medrado e Sílvia.

O presidente Angelo Coronel reafirmou a importância do trabalho desenvolvido pelo TRT-5 e garantiu que falará com o governador. “Vamos buscar uma solução. Tenho certeza de que Rui Costa, que é muito sensível a essas questões, vai encontrar uma forma para resolver o problema”, disse, lembrando que o TRT não pode sofrer ficando sem pessoal. Ele desejou que a desembargadora tenha sucesso na gestão no Tribunal e a presenteou com o livro “Cidade da Bahia”, publicado pela ALBA e os tribunais de Contas do Estado e dos Municípios,  lançado em dezembro.