Ao lado do governador Rui Costa, Angelo Coronel participa de inauguração da policlínica regional de Jequié

Presidente da ALBA diz que é a primeira grande obra de saúde no município em 80 anos

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA, Angelo Coronel, participou hoje (22.12), ao lado do governador Rui Costa, da senadora Lídice da Matta, do ex-governador Jaques Wagner, do prefeito Sérgio da Gameleira, da presidente da Assembleia de Carinho, Eleusa Coronel, e do secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, da inauguração da Policlínica Regional de Jequié, ao lado do campus da UNEB, no bairro de Mandacaru, onde o Governo do Estado investiu cerca de R$ 25 milhões. No ato, Coronel hasteou a bandeira da Bahia, enquanto o governador Rui hasteou a do Brasil.

Os municípios diretamente beneficiados pela Policlínica são Aiquara, Apuarema, Barra do Rocha, Boa Nova, Brejões, Cravolândia, Dario Meira, Ibirataia, Ipiaú, Irajuba, Iramaia, Itagi, Itagibá, Itamari, Itaquara, Itiruçu, Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Lafaiete Coutinho, Lajedo do Tabocal, Manoel Vitorino, Maracás, Nova Itarana, Planaltino, Santa Inês e Ubatã.

“O esforço do governador Rui Costa e do seu secretário Fábio Vilas-Boas é digno de aplauso. Após 76 anos, Jequié recebe, com a Policlínica, o maior investimento em saúde pública da história. A última inauguração desse porte foi a do Hospital Regional Prado Valadares, em 1943. E, recentemente, o Governo entregou a UPA 24 horas, no bairro do Cansanção, o que já desafogou consideravelmente o Prado Valadares. Depois de Jequié, estamos indo agora a Conquista para definir a instalação de mais uma policlínica – a do Sudoeste. Além de ‘Correria’, é agora ‘Rui Saúde’ ”, brincou Coronel.

A Policlínica Regional de Jequié vai atender aos moradores de 28 municípios que integram o consórcio responsável pela sua gestão, oferecendo diferentes especialidades médicas e exames de alta complexidade. “Para ter acesso aos serviços da Policlínica, o paciente terá que passar por uma consulta em Unidade Básica de Saúde (UBS) na sua cidade. Aí será identificada a necessidade de se realizar uma consulta com especialistas e exames como tomografia ou raio-X, ou procedimentos de média complexidade, como biópsias e pequenas cirurgias”, explica o secretário Fábio Vilas-Boas.

Para acessarem o atendimento da policlínica, os moradores dos municípios consorciados contarão com 12 micro-ônibus gratuitos para fazer o transporte de cada cidade até a unidade, totalizando 11 roteiros.

POLICLÍNICAS

As policlínicas fazem parte da política de regionalização da Saúde, implementada pelo Governo do Estado, e são geridas pelos Consórcios Públicos de Saúde. O objetivo delas é levar atendimento especializado e exames de alta complexidade ao interior, evitando, com isso, que os pacientes se desloquem para os grandes centros em busca desses serviços.

Já estão em funcionamento as policlínicas regionais de Teixeira de Freitas, Guanambi, Jequié e Irecê, com investimentos totais de R$ 94 milhões. Para 2018, estão previstas 14 novas unidades em municípios como, por exemplo, Salvador, Valença, Santo Antônio Jesus, Feira de Santana, Simões Filho, Vitória da Conquista e Alagoinhas.